Assessoria de imprensa: a mídia impressa está acabando?

Essa é a pergunta que muitos estão se fazendo, principalmente na hora de contratar uma assessoria de imprensa. Diariamente grandes jornais e revistas estão demitindo funcionários e muitos destes veículos de comunicação estão deixando de existir, como aconteceu com o encerramento de dez títulos da Editora Abril, no caso mais recente.

A rapidez da internet mudou a forma de fazer notícia, mas não acabou com o jornalismo.  Não se espera mais um 1 dia para saber as novidades em um jornal e nem em frente a TV para se atualizar sobre o dia.  O novo modus operandi é ter a informação na hora em que ela acontece e disponível a qualquer hora. E quem quer alcançar esse público, precisa se adequar.

A imprensa continua ativa, no entanto

Para não perder espaço, muitos jornais e revistas mantém, além das edições impressas, um portal, onde são repercutidas as notícias publicadas na versão impressa, além de conteúdos exclusivamente onlines. Um dos Portais mais lidos do Brasil tem cerca de 40,9 milhões de visitantes únicos, o que corresponde a aproximadamente 56,5% dos internautas brasileiros. 

Ou seja, ainda é possível aparecer na mídia e melhor forma de penetrar os veículos – com as redações cada vez mais enxutas – é com a ajuda de uma assessoria de imprensa, que procura oferecer ideias de pautas criativas buscando espaço na concorrida mídia impressa, nas TVS, rádios e nos veículos online.

crédito de imagem: So Much Mídia! – WordPress.com