Como se destacar na mídia especializada de saúde?

Além da mídia tradicional – a chamada grande imprensa que engloba veículos como TV Globo, Jornal Folha de S.Paulo O Globo, etc. – há também, para diferentes setores e entre eles o de saúde, a mídia segmentada, que se apresenta como “especialista” de determinado tema e é vista como grande aliada para empresas que querem se destacar no seu setor de atuação.

Já existem diversos tipos de mídias segmentadas; as que só falam de carros, de beleza, de animais de estimação e assim vai. E porque estar em contato com elas é importante? A imprensa segmentada fala diretamente com o seu público, com a buyer persona (comprador potencial) da empresa e oferece espaço para produtos, o que não acontece com a mesma frequência na grande mídia. Outra vantagem é que os jornalistas das mídias segmentadas são especialistas na área e as matérias nestas publicações costumam ser mais aprofundadas, posicionando a empresa e porta-voz como especialistas de determinado assunto.

Como se destacar e manter um bom relacionamento com as mídias segmentadas?

Uma forma de atingir essa mídia é por meio de uma assessoria de imprensa, que tem como papel planejar e elaborar materiais ricos para alimentar estes veículos, entre eles: artigos de opinião e textos sobre a empresa, produtos e serviços, review, bem como a cobertura em eventos segmentados. Além disso, faz parte do trabalho da assessoria de imprensa estreitar o relacionamento entre a empresa e o veículo, proporcionando encontros e conversas sobre o setor e o mercado.

Eventos segmentados

Nos eventos de mercado, a assessoria atua na criação de press kits diferenciados, envio prévio de conteúdos customizados à mídia segmentada, convite e monitoramento de imprensa presente para agendamento prévio de entrevistas, orientação aos porta-vozes e acompanhamento presencial, além de divulgação pós-evento.

A saúde na mídia

O segmento da saúde ainda é um dos poucos que possui editoria específica nos grandes veículos e os assuntos abordados são de muita importância para o público consumidor de notícia. Diante disso, as marcas precisam ter um forte posicionamento na mídia para se destacar entre os possíveis compradores. Por meio da assessoria de imprensa, as empresas do ramo podem estar mais próximas dos veículos e, consequentemente, do público buyer persona.