Assessoria de Imprensa Digital: Quais são os novos desafios na era digital?

Quebrando os padrões do jornalismo clássico e das relações públicas em mídias tradicionais, a assessoria de imprensa digital acompanha o ritmo da transformação digital que o mundo vem passando e precisa se adaptar a cada nova tecnologia, trend ou rede social, por exemplo. Com tantas mudanças, surgem novos desafios e também mais responsabilidades.

 

Para não ter dúvidas: O que é a assessoria de imprensa digital?

Diferenciando-se bastante da tradicional, a assessoria de imprensa digital dedica-se a ampliar a quantidade (e também qualidade) de menções e conteúdos de autoridade na web sobre determinada marca. Ou seja, é sobre fazer empresas terem maior relevância no mundo digital.

O foco agora passa a ser a construção e manutenção da imagem/reputação de uma marca no mundo online, o que reflete também na “vida real”, aqui fora no mundo offline. E mais que informar e noticiar, a nova assessoria de imprensa deseja também conquistar e cativar pessoas.

E como tudo no digital é volátil, rápido e fácil de ser esquecido, fica como um desafio constante saber se posicionar de forma coerente, no momento certo, no canal ou canais digitais certos, com um tom de voz adequado a marca e ao meio online, evitando ao máximo o tão temido “cancelamento”. 

Falando em desafios, entenda as novidades que fazem parte da assessoria na era digital.

 

Maior atenção aos novos públicos e influenciadores digitais

Hoje um assessor não deve atuar apenas com outros jornalistas, produtores e editores, mas também com os mais diferentes públicos por trás das mídias digitais que comandam a internet, como blogs, canais no YouTube, portais de conteúdos especializados e muito mais. 

É preciso considerar também as pessoas mais influentes na internet, as formadoras de opinião, que são os influenciadores digitais, sejam eles com perfis pequenos ou gigantescos. 

 

Criar conteúdos mais exclusivos e interessantes

Com um público cada vez mais informado e que busca por novidades a todo momento, o desafio se torna oferecer conteúdos que se destacam, com formatos atraentes, adequados ao contexto em que vivemos, com um texto cativante e prático para leitura e absorção. 

Não basta criar apenas conteúdos sobre a marca assessorada, ninguém se interessa mais por isso. É preciso fazer o público enxergar valor, respostas, retornos, recompensas nesses novos conteúdos. É gerando interesse com um conteúdo de qualidade que se promove bem a imagem da marca ou pessoa assessorada.

 

Promova interações e cultive relacionamentos

Estamos na era do relacionamento, é preciso criar relacionamentos reais. E novas formas de fazer isso acontecer na assessoria de imprensa é criando interações com o público e gerando experiências que despertem sentimentos e emoções. 

Exemplos disso são: brindes em eventos, kit welcome para funcionários em empresas, degustações e cortesias em lançamentos, dentre outras ações que ressaltem a exclusividade do momento, fazendo a pessoa lembrar de você mesmo depois de a experiência terminar e, consequentemente, falar bem e indicar, torna-se um promotor para sua marca. 

 

Técnicas para ampliar o alcance do conteúdo e gerar interesse

A visibilidade dos conteúdos e ações nas mídias digitais são muito importantes para calcular impacto e retorno, portanto é preciso entender como posicionar e impulsionar melhor conteúdos no meio digital.

Webwriting e SEO (Search Engine Optimization) são técnicas que ampliam a qualidade dos textos e posicionam melhor nas ferramentas de busca da web, como o grandioso Google. Um bom conteúdo tem que ter palavras-chaves e tags selecionadas à risca, que tenham coerência com o público que você deseja alcançar e sobre o tema que você está abordando. E na assessoria de imprensa, tais técnicas ampliam sua exposição e atrai interessados em fazer novos negócios, por exemplo.

 

Antes de vender, Inbound Marketing 

Nas mídias tradicionais, os públicos costumam ver anúncios logo de cara, muitas vezes sem definição de público. Mas na web, podemos começar com técnicas de Inbound Marketing e alimentar esse potencial consumidor aos poucos, provando para ele, por meio de conteúdos relevantes, que há uma solução para o que ele busca. Primeiro você encanta, depois gera o interesse de compra.

Essa tática também pode ser usada na assessoria de imprensa. Ações e conteúdos podem ser direcionados com o objetivo de encantar, não de vender a princípio. É sobre conquistar aos poucos e ser lembrado a longo prazo.

Leia também: Inbound PR: o melhor dos dois mundos

 

Gestão de crises com notícias que se espalham facilmente

Qualquer pessoa pode disseminar um conteúdo na web, seja um texto escrito no Facebook por uma senhora fazendo uma receita ou uma criança que criou um meme sem querer no YouTube, por exemplo. Se essas coisas simples atingem essa velocidade, imagine quando o assunto é uma crise de alguma marca, seja um erro interno ou uma fake news que se espalhou de forma imprevisível. 

Este é mais um dos desafios da assessoria de imprensa, controlar as proporções que tais notícias podem chegar no ambiente digital. O ideal é saber se antecipar para assim não precisar lidar no momento, por isso é um trabalho constante na vida das marcas, não apenas um “apagador de incêndios”

Mas, se acontecer/quando acontecer, deve-se aplicar estratégias no timing certo, com pessoas capacitadas na linha de frente e assumir ou se posicionar diante do que foi divulgado/vazado na imprensa, respeitando não só os seus valores, como principalmente os das pessoas envolvidas. Respeito é ouro na era digital: raro e de grande valor.

 

Novas formas de mensurar dados 

Na era digital, nenhuma marca sobrevive de achismos. Não dá mais pra ficar esperando mídia espontânea e contar com a sorte, como a assessoria era feita há poucos anos atrás. 

Só dá para reconhecer sucessos ou fracassos diante da compreensão de dados gerados das ações. E na assessoria de imprensa digital, a análise de engajamento, audiência, avaliações e demais resultados é tão importante quanto no marketing digital, por exemplo. 

A partir desses dados, gera-se insights e assim melhorias, como também maior previsibilidade para evitar novas crises. É sobre entender o que deu certo, o que não deu certo, por onde seguir e por onde não seguir.

 

E então, seria a assessoria de imprensa digital uma nova profissão ou a mesma função reinventada? O importante é entender os novos desafios e contar com uma empresa ou profissional atualizado e com jogo de cintura.

Quer saber como a assessoria de imprensa digital pode impactar positivamente na sua marca? Fale com a NoAr.